quarta-feira, dezembro 05, 2012

SHOTGUN STORIES



O nome de Jeff Nichols ficou conhecido aqui no Brasil por causa de O ABRIGO (2011), filme de impacto que infelizmente foi lançado direto em DVD por essas bandas. E embora o trabalho do cineasta ainda não tenha me conquistado de verdade, fui atrás de seu filme anterior, SHOTGUN STORIES (2007), sua estreia na direção. Assim como O ABRIGO, SHOTGUN STORIES (inédito no Brasil) também conta com a presença de Michael Shannon. E assim como O ABRIGO, SHOTGUN STORIES traz muitas imagens de espaços abertos do interior dos Estados Unidos, o que me fez lembrar dos filmes de Terrence Malick.

SHOTGUN STORIES conta a trágica rixa entre dois grupos de meio-irmãos na região sudeste do Arkansas. Tudo começa com a morte do pai dos jovens. Durante o funeral, um dos filhos que foi abandonado pelo pai amaldiçoa o velho, cospe em seu caixão. E isso é o começo para que um e outro irmão sinta a necessidade de se vingar.

O filme nos aproxima mais dos irmãos Son (Michael Shannon), Boy (Douglas Ligon) e Kid (Barlow Jacobs). Eles vivem em situação um tanto apertada: um deles mora no próprio automóvel, outro pede ao irmão que tem uma casa alugada para acampar em seu quintal. E embora o filme enfatize mais a disputa dos irmãos, não há como não ver a situação de pobreza deles como um elemento importante para a narrativa. Até por ser algo pouco destacado no cinema americano, embora também possa ser visto em O ABRIGO.

Cheio de planos abertos que enfatizam a bela paisagem das plantações de algodão, o filme pede para ser visto no cinema. Felizmente, não sendo possível, há outros meios para poder apreciá-lo. Esperemos agora que os filmes de Nichols, que teve seu mais recente trabalho (MUD, 2012) lançado no Festival de Cannes, cheguem aos cinemas brasileiros. 

Nenhum comentário: