quarta-feira, dezembro 19, 2012

DEXTER – A SÉTIMA TEMPORADA COMPLETA (Dexter – The Complete Seventh Season)



Ser um espectador fiel de DEXTER é ter passado por temporadas muito boas, outras apenas ok e umas bem ruins. Continuar vendo a série está justamente em esperar o que cada nova temporada trará de novo. Se a anterior foi uma das piores da série, o mesmo não pode ser dito desta sétima temporada (2012), que está entre as melhores, com direito a diálogos mais bem escritos e uma habilidade em lidar com inúmeras subtramas dentro de um mesmo episódio.

Por exemplo, em certo momento, além de a série ter que trazer o tema supostamente principal, que é a descoberta de Debra Morgan, a irmã de Dexter, de que o irmão é um assassino serial, há também as interessantes subtramas envolvendo um mafioso russo (ou seria ucraniano?), bem como a ligação do Detetive Quinn com uma das dançarinas da boate do tal mafioso. Mas além disso, há algo que aos poucos se mostra a principal trama, que é a entrada em cena da femme fatale Hannah McKay, vivida lindamente por Yvonne Strahovski, da série CHUCK.

Ela é a grande paixão da vida de Dexter. Esqueçam Rita (primeira a quarta temporadas), esqueçam Lumen (quinta temporada). Aliás, a ligação é de certa forma semelhante com a de Lumen, já que há uma cumplicidade, mas Hannah McKay é uma assassina fria e calculista, ao mesmo tempo em que é apaixonante. E o fato de Dexter ter alguém com quem ele confie e possa contar os seus mais sombrios pensamentos é para ele uma maravilha. Mas como as coisas não estão fáceis para ninguém, Debra Morgan não descansa enquanto não botar Hannah na cadeia.

A sétima temporada finalmente começa a trazer novidades, apontar novos caminhos, a fazer com que o personagem e sua história evoluam. E além dos momentos de tensão, como nas várias vezes em que Dexter pode ser desmascarado, há uns diálogos bem interessantes. No penúltimo episódio, há uma discussão de relação entre ele e Hannah que é admirável. Assim como também são ótimos os momentos em que Dexter vai se descortinando cada vez mais para sua irmã. No final, sempre sabemos que é uma série que caminha por um fio para o desastre, mas é interessante como ela se ergue das cinzas vez ou outra.

Nenhum comentário: