domingo, janeiro 22, 2012

AS AVENTURAS DE AGAMENON, O REPÓRTER



Imagine ir ao cinema para assistir a uma versão estendida de um programa do Casseta & Planeta, só que com bem mais liberdade para as baixarias. Tanto que, durante a sessão em que estava, várias pessoas se levantaram e foram embora na metade do filme. Não via isso acontecer com tanta força desde a sessão de TODO MUNDO TEM PROBLEMAS SEXUAIS. Não sei se o povo faz isso porque acha o filme ruim ou porque acha grosseiro. Se for a segunda opção, deve ser porque o frequentador atual do cinema está cada vez mais fresco, menos tolerante. Se for por que o filme é ruim, bom, eles têm toda a razão. Mas há uma terceira possibilidade: o formato pouco comum de "falso documentário".

Saí de casa para ver AS AVENTURAS DE TINTIM, quando estava em pré-estreia, e acabei vendo este AS AVENTURAS DE AGAMENON, O REPÓRTER (2012). Essas coisas podem acontecer quando você se engana com os horários, já está na fila há muito tempo, não tem outras opções e não quer voltar pra casa sem ver nada. Aí resolvi arriscar e encarar esse falso documentário com roteiro em quatro mãos de Hubert e Marcelo Madureira, ambos do Casseta. Hubert interpreta o Agamenon adulto, depois da Segunda Guerra Mundial, e Madureira é o Dr. Jacintho Leite Aquino Rêgo.

O filme começa com "depoimentos" de pessoas famosas como Caetano Veloso, Jô Soares, Fernando Henrique Cardoso, Ruy Castro, Paulo Coelho e Nelson Motta, todos entrando na brincadeira. O engraçado é que na hora do Nelson Motta, ele mesmo diz que nem sabe de quem está falando, já que está em tudo quanto é documentário. Essa tirada inteligente foi o que me fez ter a mínima simpatia pelo filme, embora depois perceba que a maioria das piadas não tenha mesmo a menor graça.

AS AVENTURAS DE AGAMENON, O REPÓRTER guarda semelhanças com FORREST GUMP, de Robert Zemeckis, e com ZELIG, de Woody Allen, pois mostra, através de esquetes em formato "documental", a vida desse repórter desde a sua juventude, interpretado por Marcelo Adnet, até a maturidade, que é quando passa a ser encarnado por Hubert. Ele passa por vários eventos importantes do século XX, como a Segunda Guerra Mundial, a morte de Getúlio Vargas, a queda do Muro de Berlim e contracena às vezes com figuras famosas, como Gandhi e Albert Einstein. O resultado seria até interessante se as piadas não fossem tão sem graça e requentadas. Casseta & Planeta, há tempos já passou do prazo de validade. E a participação de gente nova como Adnet e Luana Piovani não ajuda a melhorar a situação, não.

Nenhum comentário: