segunda-feira, março 25, 2013

PARKER



Não resta dúvida de que o grande chamariz de PARKER (2013), de Taylor Hackford, é a presença de Jason Statham, o maior herói dos filmes de ação da atualidade. Jennifer Lopez no cartaz também ajuda, mas nem tanto assim, já que o filme é um thriller de ação e não uma comédia romântica ou algo do tipo. O diretor de PARKER é um sujeito que já trafegou por diferentes gêneros e tem bons filmes no currículo, como A FORÇA DO DESTINO (1982), ADVOGADO DO DIABO (1997) e RAY (2004).

Em PARKER, Jason Statham é um ladrão profissional que aceita participar de um golpe de um milhão de dólares junto com outros quatro sujeitos. Quem dá a dica é justamente o seu sogro, vivido por Nick Nolte. Mal sabem o velho e o próprio Parker que os caras não são flor que se cheire e que são capazes até de matar Parker por ele não querer participar de outro golpe com eles usando o dinheiro roubado como investimento. E assim Parker é deixado quase morto perto de uma lagoa. Acorda num hospital, já disposto a se vingar dos caras.

Parker é o ladrão de bom coração, com uma moral e uma dignidade que os seus "parceiros" de crime (um deles vivido por Michael Chiklis, da série THE SHIELD – ACIMA DA LEI) definitivamente não têm. Prova disso é a sua conversa com um segurança que tem um colapso nervoso durante o assalto e é ajudado por Parker, o que faz com que o personagem se torne ainda mais simpático aos olhos do espectador. Como Jason Statham tem carisma de sobra, além de saber lutar muito bem nos filmes, ganhar o respeito e a torcida do espectador é muito fácil. Mas vale dizer que, embora ele tenha uma moral admirável para um criminoso, ele é também capaz de matar a sangue frio quem ele acha que merece.

O filme conta com algumas cenas de luta física bem interessantes, principalmente a do "assassino da faca", além de outros momentos bem movimentados, que não deixam o espectador se desinteressar. Não se trata de nenhuma obra excepcional, mas vale sim a ida ao cinema. Jennifer Lopez, embora não brilhe tanto no filme, talvez por culpa do papel não tão forte, é uma personagem simpática também. Pelo menos mais do que a namorada oficial de Parker, vivida por Emma Booth.

Curiosamente, o personagem Parker já apareceu no cinema diversas vezes, interpretado por diferentes atores. Porém, em nenhum desses filmes ele recebeu o nome do personagem da série de livros de Donald E. Westlake, que publicou as aventuras de seu anti-herói sob o pseudônimo de Richard Stark. PARKER, inclusive, é dedicado a Westlake, morto em 2008.

Os filmes mais famosos protagonizados pelo personagem são À QUEIMA-ROUPA (1967), de John Boorman, com Lee Marvin; QUADRILHA EM PÂNICO (1968), de Gordon Flemyng, com Jim Brown; A QUADRILHA (1973), de John Flynn, com Robert Duvall; ALUGADO PARA MATAR (1983), de Terry Bedford, com Peter Coyote; e O TROCO (1999), de Brian Helgeland, com Mel Gibson. Dá até para fazer uma minimaratona.

Nenhum comentário: