domingo, março 17, 2013

FAMÍLIA SOPRANO – A QUINTA TEMPORADA COMPLETA (The Sopranos – The Complete Fifth Season)



E agora só falta uma temporada para eu finalmente terminar de ver FAMÍLIA SOPRANO inteirinha. Pena que, como demoro um pouco entre uma temporada e outra, acabo me esquecendo de alguns acontecimentos de temporadas passadas, principalmente de personagens que surgem na série de passagem e cujos nomes ou rostos reaparecem de um modo ou de outro. Isso acontece nesta quinta temporada (2004), por exemplo, no episódio "The Test Dream", em que se passa quase que totalmente num sonho de Tony. É o episódio mais lynchiano da série, e vários personagens passados, ou seja, mortos, reaparecem. Sem falar que tem a louca aparição de Annette Bening no papel de si mesma!

Mas, perturbador mesmo é o episódio seguinte, o penúltimo, "Long Term Parking", que mostra a decadência física e espiritual de Adriana, a noiva de Christopher, e que desde a temporada passada passa algumas informações para o FBI. É um episódio de cortar o coração, mas é muito curioso como Tony Soprano e sua família (no sentido mais amplo do termo) lidam com situações tão delicadas como essa, muitas vezes tendo que esconder os sentimentos, às vezes procurando enganar a si mesmos. Daí o papel da psicóloga de Tony ser tão importante.

A quinta temporada também é marcada pela participação mais do que especial de Steve Buscemi, o Tony B, o primo de Tony Soprano que esteve atrás das grades por vários anos sem nunca ter entregado a família. Quando sai da prisão, sua intenção é não voltar para os negócios ilegais dos Sopranos, mas conseguir um trabalho honesto e normal. Curioso que o personagem de Buscemi nesta série é muito simpático, bem distante do que ele é em BOARDWALK EMPIRE.

Mas a quinta temporada também revela pelo menos um episódio muito chato e aborrecido, que é "In Camelot", em que Tony conhece a ex-amante de seu falecido pai. Um episódio que eu considero além de chato, bem desnecessário. Outro problema se dá quando alguns personagens, que aparecem pouco, acabam desempenhando um papel muito importante na série, como é o caso de um dos membros da máfia nova-iorquina, o que deseja matar Tony B.

No mais, a temporada também dá destaque a Meadow, principalmente no episódio em que seu namorado consegue um emprego no serviço de construção por intermédio dos Sopranos e vê o quanto isso lhe custa caro. Quanto a A.J., continua sendo o adolescente chato de sempre, e Carmella consegue finalmente trair de fato Tony. Mas o que fica forte mesmo ao final da temporada é o amor de Tony pela família e o seu jeito de resolver as coisas quando seus negócios e sua família estão ameaçados. Não importa se isso vai ou não doer no peito.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.