terça-feira, janeiro 22, 2008

EU SEI QUEM ME MATOU (I Know Who Killed me)



Lindsay Lohan é tão bela, sensual e carismática que só a sua presença é justificativa suficiente para que eu dê uma espiada em qualquer filme - até o fator "pé atrás" diminui. Lindsay está no suspense EU SEI QUEM ME MATOU (2007), que tem um quê de TWIN PEAKS em sua essência - pelo mistério e por se passar numa cidadezinha idílica. O filme trata de Aubrey Fleming, uma jovem que é raptada por um serial killer que tem como modus operandi o esquartejamento do corpo de suas vítimas enquanto elas ainda estão vivas. Um negócio realmente arrepiante. Mas o filme não segue uma linha JOGOS MORTAIS ou O ALBERGUE, mostrando com sadismo as atrocidades do maníaco. EU SEI QUEM ME MATOU prefere apostar mais no mistério. E é nele que está a sua força.

Depois que Lindsay reaparece, encontrada numa estrada ainda viva, mas sem parte de uma perna e sem uma das mãos, ela segue dizendo não ser Aubrey Fleming, a garota seqüestrada, mas outra pessoa, muito parecida com ela. Segundo ela, a verdadeira Aubrey estaria ainda correndo perigo de vida. A suposta sósia de Aubrey diz se chamar Dakota, que coincidentemente era uma personagem de um conto escrito por Aubrey. Resta a dúvida se a moça estaria mentindo como forma de negar o terrível trauma da amputação ou estaria mesmo dizendo a verdade.

A trama é envolvente e o filme mantém o pique e o mistério até o final, quando ganha uma seqüência de suspense muito boa, com a protagonista entrando no covil do assassino. O filme é lançamento recente em dvd. EU SEI QUEM ME MATOU acabou não tendo uma boa promoção nos Estados Unidos porque na época Lindsay havia sido presa por porte de drogas, depois de ter batido o carro alcoolizada. Essa menina sabe aproveitar bem a juventude. :-) Ah, e a seqüência de abertura do filme, com Lindsay dançando como uma go-go girl, de forma sensual, lembra bastante o início de PLANETA TERROR, de Robert Rodriguez.

P.S.: Saíram os indicados ao Oscar. ONDE OS FRACOS NÃO TÊM VEZ e SANGUE NEGRO lideram as indicações. Será que os irmãos Coen vão repetir o feito de FARGO? Será que P.T. Anderson vai finalmente receber a bênção da academia? Ou será que o resultado vai ser parecido com o do Globo de Ouro, ganhando DESEJO E REPARAÇÃO? Quanto ao candidato brasileiro a filme estrangeiro, ele ficou de fora. Perdemos até para filme do Cazaquistão. Deve ter dedo do Borat nisso aí. Sem falar que os caras da Academia desconfiaram que o filme do menino criado por um velho judeu tinha cara de Oscar demais.

Nenhum comentário: