terça-feira, janeiro 14, 2014

ATIVIDADE PARANORMAL – MARCADOS PELO MAL (Paranormal Activity – The Marked Ones)



E a franquia ATIVIDADE PARANORMAL começa a mostrar sinais de cansaço. Aliás, já dava para notar em ATIVIDADE PARANORMAL 4 (2012), que não chega a ser nada memorável. O terceiro filme segue sendo o melhor, pela inventividade do enredo e pela capacidade de criar sustos fugindo um pouco do convencional nesse tipo de filme de horror (casa assombrada, uso de found footage).

O que diferencia este ATIVIDADE PARANORMAL – MARCADOS PELO MAL (2014), que é mais um spin-off da franquia do que uma sequência, é o fato de não ser exatamente um filme de casa assombrada. Até há alguns acontecimentos envolvendo casas, mas o enredo se destaca mesmo pelo ponto de vista do rapaz que é amaldiçoado e que, curiosamente, adquire superpoderes.

Se pensarmos na força de Katie (onipresente em todos os filmes da franquia), quando foi possuída por um demônio e atirou o marido para muito longe com muita facilidade, é possível estabelecer vínculos com essa superforça que o protagonista Jesse (Andrew Jacobs) adquire. O novo filme também se distingue por se passar em um bairro latino dos Estados Unidos, com gente falando espanhol com frequência, especialmente os personagens mais velhos.

O problema é que a história é uma confusão dos diabos. E nem me refiro aqui ao capeta, pois ele parece até distante. O nível de confusão do filme é tanto que seu ápice, envolvendo homens armados atacados por bruxas, chega a levar a plateia às gargalhadas. Uma curiosa reação, como se o público tivesse percebido que ali se tratava de uma tranqueira barata com uma história mal cuidada.

Todos esses filmes são bem baratos e rendem bastante nas bilheterias. Com o custo baixo, a Paramount não tem nada a perder com os lançamentos. O problema é que essas falhas podem espantar a clientela. Muito provavelmente, o público vai diminuir até ficar cansado da franquia. O que é natural.

Porém, os criadores são espertos ao fazerem links com os demais filmes. Assim como aconteceu com SOBRENATURAL – CAPÍTULO 2, que remeteu ao primeiro filme através de um recurso criativo, o melhor de ATIVIDADE PARANORMAL – MARCADOS PELO MAL é o fato de fazer ligações, inclusive, com uma cena do primeiro filme, mesmo se passando alguns anos após os eventos na casa de Katie. Ainda assim, é muito pouco e até um tanto confuso o que acontece, mas não deixa de ser um convite para que os espectadores voltem aos filmes anteriores a fim de dirimir as dúvidas. Resta saber se alguém vai ficar realmente interessado no convite.

O filme estreou na sala 8 do UCI Iguatemi, que reabriu depois de passar por reformas para se tornar uma sala IMAX. Ver o filme lá oferece a chance de conferir a telona gigante e a ótima qualidade dos novos equipamentos digitais instalados.

Nenhum comentário: