segunda-feira, maio 13, 2013

LES REVENANTS – PRIMEIRA TEMPORADA (Les Revenants – Saison 1)



Foi a primeira série francesa que vi. A gente fica tão acostumado com as séries americanas que mal sabe o quanto existe de produções televisivas de qualidade espalhadas pelo globo. No começo, achei que LES REVENANTS (2012) era mais uma série de zumbis. E uma vez que vemos o primeiro episódio (de um total de oito) é que percebemos que estamos diante de uma série diferente e instigante. Os mortos voltam sim, mas eles se mostram tão confusos e assustados quanto os vivos que os veem.

O primeiro morto a aparecer na série é Camille, uma adolescente de 15 anos que morreu há quatro anos num acidente em um ônibus escolar. Tal acidente deixou muitos da pequena cidade arrasados e traumatizados. Muitas pessoas que perderam seus filhos precisavam fazer terapia em grupo para se recuperar da perda dos entes queridos naquele acidente. E de repente surge uma delas, sem entender direito o que está acontecendo, sem saber sua condição de morta, e assustando inicialmente os seus familiares. E ela é só a primeira de vários que virão.

Mas a série se concentra apenas em alguns deles. Lembrando LOST, que costumava centrar um episódio em determinado episódio, LES REVENANTS dá o nome do personagem ao episódio que terá sua história descortinada, e alguns de seus segredos revelados. Porém, não há uma concentração excessiva em determinado personagem. As demais tramas seguem normalmente.

Assim, temos episódios dedicados, além de Camille, a Simon, que vem em busca de sua noiva; a Julie, a garota que foi atacada por um serial killer no passado; a Victor, o menino enigmático que se apega a Julie; a Serge e a Toni, os irmãos separados pela morte; a Lucy, a bela e também enigmática jovem que é capaz de ler o passado das pessoas; e a Adèle, a mulher cujo noivo morreu no dia de seu casamento.

O curioso é que os mortos se tornam cada vez mais inconvenientes, cada vez mais um estorvo para seus familiares e para aquela sociedade. E inclusive para o espectador. Tanto é que, com o modo como fecharam de maneira tão boa a temporada, fico imaginando de que maneira farão uma segunda. Se é que farão mesmo uma nova temporada.

LES REVENANTS é baseada no longa-metragem homônimo de 2004 e conta com alguns rostos conhecidos do cinema francês. Talvez a mais conhecida seja Clotilde Hesme, de AMANTES CONSTANTES, CANÇÕES DE AMOR e MISTÉRIOS DE LISBOA. Mas há também Anne Cosigny, de UM CONTO DE NATAL; Frédéric Pierrot, que pode ser visto em A DATILÓGRAFA; Céline Sallette, que pode ser vista em FERRUGEM E OSSO; entre outros, que podem ser mais conhecidos daqueles que veem mais cinema francês do que eu.

Nenhum comentário: