sábado, agosto 24, 2013

QUELLA ETÀ MALIZIOSA



Quem viu Gloria Guida em AVERE VENT'ANNI, de Fernando Di Leo, com certeza não esqueceu desta linda e encantadora atriz que fez a festa nas comédias eróticas italianas das décadas de 1970 e 1980. Há semelhanças entre esse gênero de filme produzido no país da bota e as nossas pornochanchadas, que também atingiram o seu auge no mesmo período. Inclusive no quesito “ultrapassar a barreira do humor e do erotismo”. Daí AVERE VENT'ANNI ter aquele final tão impactante.

QUELLA ETÀ MALIZIOSA (1975), de Silvio Amadio, lançado três anos antes, não pega tão pesado quanto o citado filme. E nem tem o mesmo brilho. Mas há a presença exuberante de Gloria, seus belos olhos verdes e grandes, seu corpo perfeito e natural, seu sorriso cativante. E há aquela que é uma das cenas mais sensuais do cinema, acontecendo dentro de um ônibus lotado.

Na tal cena, o protagonista (Nino Castelnuovo) vai com ela até a casa onde ele vai trabalhar como jardineiro. A casa da mãe dela. Na cena do ônibus, ela se aproxima dele de todas as maneiras, como se simulando sexo em diversas posições, com a diferença que aqui há um pouco mais de sutileza. E ela é a agente ativa da situação. Ele fica quase imóvel, tentando resistir à tentação.

O protagonista, de nome Napoleone, é um sujeito que, cansado da esposa chata (que a gente nunca vê, apenas a voz, num início de filme muito interessante), resolve sair de casa e atender a um emprego de jardineiro, nos classificados. Para estar no emprego, ele deveria ser independente, sem família, coisa que ele afirma ser.

Chegando na tal casa, ele conhece a dona e sua filha, vivida por Gloria Guida. Não é nenhuma surpresa que o filme tratará do relacionamento entre os dois, algo proibido pela mãe da jovem. Nessas primeiras cenas entre os dois, destaque para um rápido strip-tease que a moça loira oferece a ele, sem que ele saiba, já que está escondido atrás das árvores, espiando-a.

Assim como AVERE VENT'ANNI, este filme também se encaminha para um final que muda o gênero, encaminhando-se para o suspense dramático. Mas trata-se de um filem bem mais leve em todos os sentidos. Nem por isso deixa de ser bem agradável. Quero ver mais Gloria Guida.

Nenhum comentário: