terça-feira, dezembro 01, 2009

SEGURA A ONDA - A SÉTIMA TEMPORADA COMPLETA (Curb Your Enthusiasm - The Complete Seventh Season)



Se eu soubesse que CURB YOUR ENTHUSIASM era tão bom, já estaria acompanhando a série há muito tempo. Mas foi preciso o hype em torno da reunião do elenco de SEINFELD acontecer para que eu finalmente resolvesse dar uma conferida. A série, que já está na sétima temporada (2009), é o que há de mais próximo do humor de SEINFELD na televisão. Afinal, George Constanza foi inspirado no próprio Larry David, criador, protagonista e roteirista de ambas as séries. E foi até bom o elenco de SEINFELD não aparecer logo no primeiro episódio. Assim, eu, que nunca tinha visto nada de CURB..., pude ir me acostumando com o tipo de humor de David. Que é um humor bem mais ácido que o de SEINFELD, apesar de sentirmos as semelhanças na importância dada às pequenas coisas do cotidiano e na maneira mesquinha e "filha da puta" de ser de Larry.

Jerry Seinfeld, Jason Alexander, Julia Louis-Dreyfus e Michael Richards só começam a aparecer mesmo a partir do terceiro episódio, chamado "The Reunion". E a razão da reunião do bando não poderia ser outra senão uma maneira de Larry conseguir algo que ele tanto quer, no caso, reconquistar a sua ex-esposa Cheryl, dando-lhe papel de destaque no possível retorno de SEINFELD. E ele consegue reunir o grupo sem dizer nem mesmo para Jerry os motivos do tal retorno. E do jeito que ficou, CURB YOUR ENTHUSIASM é uma deliciosa brincadeira metalinguística onde temos a oportunidade de ver o criador (Larry David) e a criatura (George Constanza) juntos. E para não deixar nenhuma dúvida do quanto Jason Alexander se distancia de George, nada como a cena da gorjeta no restaurante. Na situação criada, Larry quer combinar com George de dar uma gorjeta do mesmo valor para o garçom, para ele não sair por baixo.

Mas nem toda a temporada se firma na reunião de SEINFELD. A maior parte mostra as confusões que Larry arma, como quando ele arranja uma namorada paralítica e vê as vantagens disso; ou quando ele deixa pingar urina numa pintura de Jesus num banheiro; ou quando ele mata um cisne negro num clube de golfe e tenta esconder o "cadáver"; ou quando, para ajudar um amigo, admite gostar de usar calcinha. Entre outras presepadas que tanto irritam quanto divertem. Só não achei o episódio final tão bom quanto o anterior, que mostrava a mesa de leitura, onde pudemos rever alguns saudosos coadjuvantes de SEINFELD. Sem falar que nesse episódio, chamado "The Table Read", ainda tem a situação envolvendo a garotinha que gosta de passar mensagens para o celular de Larry.

Estranho mesmo é se identificar com um cara como o Larry em tantas situações. :)

Nenhum comentário: