domingo, dezembro 18, 2005

TOP 20 - ANOS 90



1. ANTES DO AMANHECER (Richard Linklater)
2. A ESTRADA PERDIDA (David Lynch)
3. OS BONS COMPANHEIROS (Martin Scorsese)
4. OS AMANTES DO CÍRCULO POLAR (Julio Meden)
5. A BELA INTRIGANTE (Jacques Rivette)



6. O GOSTO DE CEREJA (Abbas Kiarostami)
7. PULP FICTION (Quentin Tarantino)
8. UMA RELAÇÃO PORNOGRÁFICA (Frédéric Fonteyne)
9. ED WOOD (Tim Burton)
10. O PAGAMENTO FINAL (Brian De Palma)



11. UM MUNDO PERFEITO (Clint Eastwood)
12. DE OLHOS BEM FECHADOS (Stanley Kubrick)
13. TODAS AS MULHERES FAZEM (Tinto Brass)
14. ONDAS DO DESTINO (Lars Von Trier)
15. A BRUXA DE BLAIR (Daniel Myrick e Eduardo Sánchez)



16. DESCONSTRUINDO HARRY (Woody Allen)
17. O SEXTO SENTIDO (M. Night Shyamalan)
18. O VINGADOR DO FUTURO (Paul Verhoeven)
19. OS ÚLTIMOS PASSOS DE UM HOMEM (Tim Robbins)
20. PELO AMOR E PELA MORTE (Michele Soavi)

Chico Fireman, organizador da Liga dos Blogues Cinematográficos, está publicando o resultado final da votação dos membros da Liga para os melhores filmes da década de 90. Resolvi publicar a minha listinha também, embora sempre que eu olhe pra ela eu veja os filmes que ficaram faltando. Como dei preferência a um filme por realizador, ficaram de fora obras queridas como TWIN PEAKS - OS ÚLTIMOS DIAS DE LAURA PALMER, TROPAS ESTELARES, INSTINTO SELVAGEM, MARIDOS E ESPOSAS e O VOYEUR. Também passou pela minha cabeça o belo FEITIÇO DO TEMPO, de Harold Ramis, além de BOOGIE NIGHTS, de P. T. Anderson, mas eles acabaram não entrando na listagem final. Também pensei em homenagear algum filme pornô marcante da década, como FRESH MEAT, de John Leslie, mas achei que o voto seria meio que desperdiçado diante dos demais. De todo modo, a "cabeça de baixo" ainda elegeu TODAS AS MULHERES FAZEM do mestre do erotismo Tinto Brass, que considero um ótimo representante do cinema libidinoso.

O filme que encabeçou minha lista - ANTES DO AMANHECER - foi um voto do coração. Como me considero uma pessoa mais emocional que racional, levei isso em consideração. Claro que dependendo do dia, os filmes de Lynch e Scorsese poderiam tomar facilmente o lugar do filme do Linklater, até porque eles são cineastas de porte muito maior. A presença de UMA RELAÇÃO PORNOGRÁFICA é uma decisão estritamente pessoal. É o filme que simboliza o fim de uma relação afetiva das mais importantes da minha vida. Assistir esse filme, que aborda o começo, o meio e o fim de uma relação, num momento extremamente delicado de um relacionamento foi algo para ficar pra sempre em minha mente. Lamentei a ausência de um filme brasileiro na minha relação, mas no ranking dos anos 80 com certeza haverá.

Nenhum comentário: