terça-feira, novembro 29, 2005

MASTERS OF HORROR: H.P.LOVECRAFT'S DREAMS IN THE WITCH-HOUSE



Stuart Gordon, que eu saiba, nunca foi um diretor muito incensado, mesmo entre fãs do cinema de horror. Seus filmes, apesar de bem destacados, dificilmente receberam boas cotações dos críticos. Gordon nunca teve o mesmo prestígio de um John Carpenter ou de um George Romero, pra ficar só entre os americanos. Até numa lista de discussão sobre filmes de terror de que participo desde 2001 - a Canibal Holocausto - a turma de lá raramente comenta sobre os filmes dele. Mesmo assim, ele é um diretor de quem eu gostaria de ter visto mais filmes. De Gordon, só tinha visto RE-ANIMATOR (1985) e A FORTALEZA (1993), que eu considero um filme bastante subestimado e tenho vontade de rever.

Gordon tem o mérito de ser o principal adaptador dos contos de H.P.Lovecraft para o cinema. Só de filmes baseados em Lovecraft, ele já realizou: RE-ANIMATOR, DO ALÉM (1986), O CASTELO MALDITO (1995), DAGON (2001) e agora esse DREAMS IN THE WITCH-HOUSE, segundo filme da antologia MASTERS OF HORROR.

Pra quem se decepcionou com a estréia da série, a cargo de Don Coscarelli, esse filme dirigido por Gordon dá uma bela animada e prepara o espírito para os próximos, em especial o super-elogiado JENIFER, de Dario Argento. Como DREAMS IN THE WITCH-HOUSE só tem 50 minutos, não dá pra contar muito da história sob o risco de estragar as surpresas, mas dá pra dizer que é sobre um jovem universitário que aluga um quarto barato numa casa e é assombrado por uma bruxa, um rato com feições humanas e uma difícil tarefa.

Não faltam ao filme elementos caros aos amantes do cinema de horror: bruxaria, mulher pelada, efeitos especiais gore (causa aflição a cena das unhas nas costas do protagonista), uma cena contendo algo debaixo da cama (que garante o maior susto do filme) e uma excelente construção de atmosfera. Bem legal!

Nenhum comentário: