segunda-feira, abril 03, 2006

A ERA DO GELO 2 (Ice Age: The Meltdown)



A primeira pergunta que se costuma fazer em se tratando de continuações é: o filme é melhor que o primeiro? No caso de A ERA DO GELO 2 (2006) a resposta é não. Mas isso não quer dizer que o filme não seja legal. É que o primeiro filme era mais sentimental, não era muito centrado na ação, como esse. O que muda agora também, além da natural evolução na parte técnica, é que A ERA DO GELO 2 é mais engraçado que o primeiro. Até Scrat, o esquilo que vive em busca de uma noz maior do que ele, aparece bem mais vezes. Suas aparições são como vinhetas inseridas ao longo do filme.

Dos três personagens principais - o mamute Manny, a preguiça Sid e o tigre dentes-de-sabre Diego -, o filme centra mais em Manny, que vive deprimido por acreditar ser o último dos mamutes, um animal em extinção. Até o dia em que ele conhece Ellie, a mamute fêmea que acredita ser um gambá. Nem sempre essa situação gera momentos engraçados. Mas os dois gambás são bem divertidos e se integram à turma com facilidade.

Aqui no Brasil, todas as cópias do filme lançadas nos cinemas foram dubladas. Mas eu nem liguei muito pra isso, já que me acostumei com as vozes de Tadeu Mello e Diogo Vilela, dublando muito bem Sid e Manny. O personagem do tigre recebe menos destaque dessa vez, a não ser por conta do seu medo da água. Pode-se dizer que o filme retoma a temática da amizade, já muito bem explorada no primeiro filme. A principal novidade, porém, é o clima meio apocalíptico: o mundo de gelo deles iria se acabar por causa do aquecimento global, o que não deixa de ser um tema bastante atual. Em alguns momentos, o filme lembra a história da Arca de Noé, tanto por causa das inúmeras espécies de animais migrando, quanto pela figura de algo parecido com uma arca, que aparece em certa parte do filme.

A sessão a que eu fui estava lotada. E olha que eu vi o filme na maior sala do shopping e logo quando cheguei a sessão anterior já estava esgotada. (Por causa disso, acabei passeando mais com meu sobrinho e gastando mais dinheiro.) Pelo visto, essa indústria dos desenhos animados ainda é bastante lucrativa. Tanto é que antes do filme começar passaram vários trailers de novos desenhos. Dos que eu me lembro, os mais divertidos são DEU A LOUCA NA CHAPEUZINHO e CARROS - esse é emocionante - e o mais visivelmente ruim é SELVAGEM.

Nenhum comentário: