domingo, março 12, 2006

CRY WOLF - O JOGO DA MENTIRA (Cry_Wolf)



Fim de semana bem sem graça esse que está acabando. A começar pelas estréias nos cinemas. Dos dois filmes que escolhi pra ver dentre as sete estréias, na dúvida entre o ruim e o fraco pra comentar hoje, vou comentar logo o ruim, assim eu aproveito o mau humor para xingar o filme.

CRY WOLF - O JOGO DA MENTIRA (2005) é desses filmes que não agradam nem mesmo aos fãs mais hardcore do gênero (horror). Até porque o horror nesse filme é zero. E elementos caros aos fãs, como cenas de violência gráfica e de nudez também são completamente ausentes do filme. É a tal coisa: filme de terror ruim que não tem nem sangue nem mulher pelada merece mesmo ser desprezado por todos. Claro que esses não são elementos essenciais para um bom filme. O principal é que ele seja bem sucedido no quesito suspense, que consiga fazer o sangue da gente gelar, como aquele outro filme com título parecido, WOLF CREEK.

CRY WOLF mostra um grupo de jovens que aproveitam o assassinato de uma garota para apavorar uma escola criando a lenda urbana de um serial killer , através de e-mails enviados pra todos da escola - os famosos spams. A brincadeira começa a ficar perigosa quando um dos rapazes do grupo desaparece e o protagonista passa a receber mensagens de um sujeito que diz ser o assassino.

Do elenco, o único rosto conhecido é o de Jon Bon Jovi, que deve andar com um péssimo assessor para escolher filmes. Ou então, é amigo do diretor ou de alguém da produção. CRY WOLF, além de deixar a gente com saudade da trilogia PÂNICO, ainda nos deixa com a triste impressão que a saída para os americanos é mesmo o das refilmagens.

Nenhum comentário: