segunda-feira, março 03, 2014

OSCAR 2014



Que diferença faz quando muda o apresentador do Oscar. No ano passado, quando Seth MacFarlane apresentou a festa, muita coisa saiu errado, suas piadas não tinham a menor graça e pode-se dizer que ele foi reprovado. Aí chamaram de novo a Ellen DeGeneres e ela deu um show sem fazer muito esforço. Só a ideia de convidar alguns astros a posarem para uma selfie foi sensacional. "Quebramos o twitter", ela disse. Esta simples foto bateu o recorde de retuitadas, fora os compartilhamentos pelo Facebook.

E falando em internet, já faz algum tempo que assistir a festa do Oscar online se tornou muito mais divertido. Antes da web, sempre havia o risco de dormir durante a cerimônia ou ter que apelar para café ou pipoca para animar a noite. Agora é como se estivéssemos assistindo fisicamente com uma grande turma de amigos, dando pitacos, não necessariamente sobre as justiças ou injustiças de tais prêmios, pois Oscar, a gente sabe que não é pra levar tão a sério mesmo.

O que não quer dizer que a gente não torça por determinado ator, atriz, diretor, roteirista etc. E, nesse quesito, destaco a categoria de atriz, que estava muito boa este ano em comparação com às demais categorias de interpretação masculina ou feminina. Ganhou quem já esperávamos, Cate Blanchett, por BLUE JASMINE, mas as demais concorrentes também estavam ótimas.

Foi a vez do drama 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO, de Steve McQueen, faturar a estatueta principal, mas quem mais venceu em quantidade de prêmios foi mesmo GRAVIDADE, de Alfonso Cuarón, que ganhou, inclusive, o prêmio de direção. Os demais prêmios foram todos técnicos (fotografia, edição, trilha sonora, efeitos visuais, edição de som e mixagem de som), totalizando sete prêmios, contra os três de 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO.

No campo das canções, destaque para a belíssima apresentação de "The Moon Song", presente em ELA, de Spike Jonze, e cantada por Karen O. Acabou perdendo para "Let it go", de FROZEN – UMA AVENTURA CONTAGIANTE, da Disney. E o pessoal do U2 deixou uma saudade de seu passado glorioso com um canção bem fraca para um filme que dizem ser ainda mais fraco (MANDELA).

O que também deixou muitos brasileiros emocionados e surpresos foi a presença de nosso documentarista maior Eduardo Coutinho no In Memoriam, uma homenagem que fazem anualmente aos atores, atrizes, técnicos e diretores de cinema que passaram para o outro plano. Não estamos acostumados a ver nossos artistas brasileiros recebendo homenagem de Hollywood. Antes mesmo do In Memoriam, Bill Murray quis prestar sua homenagem ao amigo Harold Ramis, morto há poucos dias. Infelizmente não deu tempo de incluir o cineasta Alain Resnais, morto no último sábado. O que acabou estragando foi uma apresentação de Bette Midler, que supostamente seria para homenagear aqueles que partiram.

Entre os discursos, o que causou mais controvérsia foi o de Matthew McConaughey, que ganhou o prêmio por CLUBE DE COMPRAS DALLAS. Seu discurso foi considerado por muitos confuso, além de não ter falado sobre o tema do filme, ou seja, a AIDS. No entanto, achei-o vibrante, cheio de fé (ele cita Deus com destaque) e com a aura de carisma do astro. Atualmente ele vive um de seus melhores momentos e o Oscar funciona como um instrumento de consagração dessa sua excelente fase. Curiosamente, seu discurso pareceu uma espécie de cópia em negativo de seu personagem niilista da série TRUE DETECTIVE.



Os premiados

Melhor Filme – 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO
Direção – Alfonso Cuarón (GRAVIDADE)
Ator – Matthew McConaughey (CLUBE DE COMPRAS DALLAS)
Atriz – Cate Blanchett (BLUE JASMINE)
Ator Coadjuvante – Jared Leto (CLUBE DE COMPRAS DALLAS)
Atriz Coadjuvante – Lupita Nyong'o (12 ANOS DE ESCRAVIDÃO)
Roteiro Original – ELA
Roteiro Adaptado – 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO
Fotografia – GRAVIDADE
Montagem – GRAVIDADE
Trilha Sonora Original – GRAVIDADE
Canção Original - "Let it Go", de FROZEN – UMA AVENTURA CONGELANTE
Mixagem de Som – GRAVIDADE
Edição de Som – GRAVIDADE
Efeitos Visuais – GRAVIDADE
Desenho de produção – O GRANDE GATSBY
Figurino – O GRANDE GATSBY
Maquiagem e cabelos – CLUBE DE COMPRAS DALLAS
Filme Estrangeiro – A GRANDE BELEZA (Itália)
Longa de Animação – FROZEN – UMA AVENTURA CONGELANTE
Curta de Animação – MR. HUBLOT
Curta-metragem - HELIUM
Documentário – 20 FEET FROM STARDOM
Curta Documentário – THE LADY IN NUMBER 6: MUSIC SAVED MY LIFE

Nenhum comentário: